Inside my…

Rhymes with vibes

Category: ideia

Personagem?

The wind outside makes the trees dance, the slow pace of a poorly tested waltz. The sky is dark as the soul of this here writes, cloudy preparing the bed for a cold storm. Would it be correct to admit that change scares? It would be fair to say that we fear the storm that floods the stagnant modus operandi that we take today? Any change seems to occur without the actual need to be and everybody scream against it, astounded with the certainty that ignorance gives them. I’m not the main character and so little could be, I’m not leading man or interesting enough to be too antagonistic. I’d really like to be just a spectator, but was thrown in the middle of this tornado is the life that I wrote.

O vento lá fora faz as árvores dançarem, ao ritmo lento de uma valsa mal ensaiada. O céu esta escuro como a alma deste que aqui escreve, nublada preparando a cama para uma tempestade fria. Seria correto admitir que a mudança assusta? Seria correto afirmar que tememos pela tempestade que alaga o estagnado modus operandi que assumimos hoje? Qualquer mudança parece ocorrer sem a necessidade real de ser e todos gritam contra isso, embasbacados com a certeza que a ignorancia lhes proporciona. Não sou o personagem principal e tão pouco poderia ser, não sou galã ou interessante o suficiente para ser tambem antagonista. Eu gostaria mesmo de ser apenas o espectador,mas fui jogado no meio deste tornado que é a vida que eu escrevi.

Advertisements

Brit Hop…?

Definitivamente, não sei como “rotular” minha mais nova criação… Tive a ideia dos efeitos ouvindo Skrillex, mas as “quebradas” e ritmo veio do clássico “Music For The Jilted Generation” do The Prodigy, que é sem dúvida uma influencia constante nas minhas criações. Não sei por que, mas sempre que trabalhei nessa música eu estava com a mente em Silent Hill, jogo de survival horror da Konami, que é também outra fonte de inspiração para minhas criações. Enfim, espero que apreciem. Sugiro ouvir com fones de ouvido, alguns ruídos só são perceptíveis com o uso dos fones.

Definitely not know how to “tag ” my latest creation … I had the idea of listening to Skrillex effects , but the ” broken ” and rhythm came from the classic ” Music For The Jilted Generation ” by The Prodigy , which is undoubtedly an influence constant in my creations . I do not know why, but whenever I worked on that song I was with the mind in Silent Hill survival horror game from Konami , which is also another source of inspiration for my creations . Anyway, hope you enjoy . I suggest listening with headphones , some noises are seen only with the use of headphones .

Gritando por um norte – Screaming for a North poema/ideia/letra/poem

“Não há rumor
não há rumo
alimentamos um tumor
vivemos num tumulto
Sem um norte
sem um farol
bebemos da sorte
vivemos puxados por um anzol
sussurramos verdades
gritamos mentiras
estamos cada dia mais
navegando sem um guia..”

” There is no rumor
no bearing
feed a tumor
we live in a tumult
Without a North
without a headlamp
drank luck
live pulled by a hook
whisper truths
scream lies
are increasingly
sailing without a guide…”