Blue Moon

Moon
Don’t shine too much this night
Cuz your light guide me away from what is right

Advertisements

At the end / No fim

By far
the wind brings a reminder
something suffocating

closer
the air is cutting , hot
I feel blood

I'm burning
fever hallucinations cries and whimpers
finished ?

sins
are the shackles that use
arrested

sweat
red as the essential vitae
covers me
dead
wandering without soul or desire
confinement

De longe
o vento traz uma lembrança
algo sufocante

Mais próximo
o ar esta cortando, quente
sinto sangue

estou queimando
febre alucinações gritos e lamurias
acabado?

Os pecados
são as algemas que uso
preso 

Suor
rubro como o vitae essencial
me cobre

Morto
vagando sem alma ou desejo
encerro 



 confinement

Gritando por um norte – Screaming for a North poema/ideia/letra/poem

“Não há rumor
não há rumo
alimentamos um tumor
vivemos num tumulto
Sem um norte
sem um farol
bebemos da sorte
vivemos puxados por um anzol
sussurramos verdades
gritamos mentiras
estamos cada dia mais
navegando sem um guia..”

” There is no rumor
no bearing
feed a tumor
we live in a tumult
Without a North
without a headlamp
drank luck
live pulled by a hook
whisper truths
scream lies
are increasingly
sailing without a guide…”